VIVER DE JIU JITSU

Olá pessoal tudo bem?

Hoje nós vamos falar sobre viver de Jiu Jitsu e de como isso é possível, dependendo a fase da vida vocês estão.
Eu acredito que todo mundo que entra no Jiu Jitsu em algum momento se apaixona pela nossa arte e pelo nosso esporte, e nada melhor do que você poder viver daquilo que ama. Nem sempre isso é possível nos dias de hoje e se pudéssemos escolher, obviamente escolheríamos fazer algo que gostamos para trabalhar, e não apenas praticar nas horas de lazer.

Trabalhar com algo que amamos e saber que este trabalho é útil, acredito que seja algo importante e muito bacana. Mas você poder trabalhar com o foco de servir aos outros conciliando tudo, e este cenário é o melhor dos mundos. Este é meu caso, faço Jiu Jitsu desde os meus 13 anos e vivo totalmente dessa arte que é o Jiu Jitsu. É minha atividade profissional e meu lazer, eu realmente amo o que eu faço.

É sobre este tema que eu queria bater um papo com vocês, vejo hoje muitas pessoas querendo viver de Jiu Jitsu mas não sabendo se preparar para isso sem entender de fato que caminho que deve seguir. Por exemplo, se você é um atleta e está vivendo de competições treinando e batalhando para ser o melhor, qual é a sua expectativa? Quando você pensa que será um campeão mundial?

Muitas vezes pensamos que viver de Jiu Jitsu é apenas ganhar competições mundiais e que isso garantirá o seu futuro, que viver de esporte é apenas ser campeão e pronto. Mas este plano é para você que quer ser apenas atleta será que você conseguirá viver de Jiu Jitsu apenas ganhando campeonatos? E quando isso acabar, qual o será seu caminho e sua carreira?

O desejo da maioria é abrir uma academia depois que a carreira de atleta acaba, para se montar uma academia de sucesso cada vez mais precisamos de preparo. Primeiro, você precisa ser um excelente professor, que é totalmente diferente de ser um excelente atleta. Precisa entender suas capacidades, muitas vezes há pessoas que tem facilidade de transmitir conhecimento, outras possuem facilidade no domínio, controle e execução de técnicas.

Esse cara que possuiu facilidade com técnicas muitas vezes é o campeão, mas se ele não possuiu a didática para ensinar outros alunos ele não se tornará um bom professor. Se ele não se preparar para ser um bom professor durante esse período que ele vinha sendo um atleta, dificilmente ele terá sucesso na academia que ele abrir, sendo assim, não conseguirá viver de Jiu Jitsu mesmo que tenha sido o maior dos campeões.

Quando pensamos nessas questões, precisamos olhar para o esporte e se perguntar: Será que com o meu tempo como atleta vou conseguir ser remunerado da maneira que preciso para viver do Jiu Jitsu?

Não podemos comparar o Jiu Jitsu com outros esportes, por exemplo o basquete, se você jogar na NBA 5 ou 6 temporadas em um time forte, você fez sua vida e não precisa mais se envolver com o mundo da NBA se não quiser, o Jiu Jitsu não tem e não terá essa possibilidade. Se você não souber criar um segundo caminho dentro do Jiu Jitsu não se tornando apenas um atleta de destaque, mas aprendendo outras habilidades para te abrir novos horizontes dentro do mercado do Jiu Jitsu, você possivelmente não irá viver de Jiu Jitsu.

Não estou afirmando que a academia é sua última opção, de forma alguma, mas você possuiu outras opções dentro do Jiu Jitsu que irão aumentar conforme o crescimento desse esporte como forma de negócio, outras necessidades precisaram ser atendidas, um exemplo claro de novas necessidades que estão surgindo são as quantidades de marcas que produzem Kimono que temos no mercado. Temos pessoas vivendo desta ferramenta essencial para o Jiu Jitsu e cada vez mais precisamos de Kimonos tecnológicos e que atendam melhor a necessidade dos atletas. A expansão de marcas de Kimonos faz com que outras pessoas vivam de Jiu Jitsu atuando em outras áreas e não apenas sendo professor. O Jiu Jitsu é carente em mídias especializadas que precisam ser supridas com novas pessoas vindas do mercado com ideias que podem fazer essa área uma área de sucesso dentro do nosso esporte.

Não é um caminho fácil, mas é um caminho que pode ter uma oportunidade fazendo o atleta virar empresário e abrindo o leque de oportunidades que o Jiu Jitsu pode dar para aqueles que querem viver do esporte.

O atleta que tem a gana de ter uma academia de sucesso precisa entender como funciona a gestão de uma academia, como se ensina o Jiu Jitsu e qual é o melhor método de ensino para se aplicar aos alunos. O empresário precisa de informar sobre o mercado que quer atuar e o estudo constante precisa fazer parte da sua vida, precisa estar a par do mundo do Jiu Jitsu para poder discutir e descobrir novas possibilidades para o crescimento deste mercado. Entender onde há carência no mercado do Jiu Jitsu, onde você pode criar um novo produto ou até mesmo melhorar um produto que já existe para atender aos novos integrantes do Jiu Jitsu.

Devemos ter esse olhar empreendedor se quisermos viver realmente do Jiu Jitsu, há várias possibilidades para crescimento e melhoramento deste universo tão amplo, não devemos pensar apenas a curto prazo querendo se tornar apenas o melhor lutador da academia, isso também é muito importante e muito legal para as competições, mas devemos pensar além disso, ter um plano, uma disciplina, persistência, perseverança e resiliência para seu negócio ser um Case de sucesso no qual você pode viver o resto da sua vida.

Uma dica valiosa é não estreitar sua visão, tente ampliar ela sempre que possível se preparando ao máximo para entender melhor o cenário que nós debatemos neste vídeo.

Deixa seu comentário aqui para sabermos sua opinião sobre o nosso canal e assista os demais vídeos que temos em nosso canal no

.
Até a próxima!

Fabio Gurgel

2 opiniões sobre “VIVER DE JIU JITSU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.