A HORA DE PARAR OU MELHOR DE MUDAR.

É sempre um momento delicado e muitas vezes relutante na vida de um atleta como é também em outras áreas profissionais, mas no esporte por ser uma carreira muitas vezes curta se vive com esse fantasma da hora de parar por alguns anos antes que ela de fato aconteça.

No meu caso em particular eu tomei a decisão por dois motivos, o primeiro porque minha performance já não estava me satisfazendo, meu corpo começava a dar sinais de que não conseguiria acompanhar meus comandos, se é difícil conviver com isso nos dias de hoje imagine nos tempos de competição.

Porém o segundo e principal motivo é que eu começava a ter mais prazer em ver meus alunos ganharem do que minhas vitórias pessoais, a estrada de professor começava a ser um desafio para mim e algo que eu queria fazer bem e ser reconhecido uma vez que o Jiu Jitsu era o que eu tinha escolhido para viver.

Você pode estar se perguntando, mas porque esse papo agora depois de tantos anos? de fato eu parei de competir profissionalmente em 2001 mas o ponto não é esse, o ponto é que uma parada precisa ser precedida por um projeto novo um novo desafio.

E assim eu comecei a entender que não existe na verdade uma despedida e sim uma mudança de rumo, passei a me dedicar a minha nova missão de formar alunos da melhor maneira e com a mesma dedicação que sempre tive em minhas coisas.

Junto com esse momento de construir minha escola surgiu um desafio de construir novamente o melhor time de jiu jItsu do mundo, toda minha energia foi para montar, ensinar, cuidar, administrar, incentivar e treinar minha equipe, que se tornou um exército de campeões, durante um período de 10 anos trouxemos todos os títulos possíveis por equipe e nos tornamos a equipe mais vencedora da história do esporte, só de mundiais foram 9 títulos consecutivos (totalizando 11 no masculino e 9 no feminino). Nessa época eu dava mais de 10 aulas por dia entre particulares e coletivas e isso durou pelo menos 15 anos.

Mais uma vez senti que meu foco estava mudando, o professor e o General do exercito de competidores já começava a olhar o papel de administrador da academia como um grande desafio, pois embora eu sempre tivesse tido essa vontade não o havia feito com a energia e o conhecimento necessário, me dediquei e passei a faze-lo, precisei diminuir minhas aulas passar todos os meus alunos particulares para outros professores e me dedicar a administração a todos os aspectos dela de forma igual, depois de algum tempo consegui mais uma vitória minha academia atingiu a capacidade máxima ultrapassando os 500 alunos.

Consegui definir um modelo de sucesso para uma academia de Jiu jitsu e senti que era hora de compartilhar isso com a comunidade do Jiu Jitsu, montei um curso de gestão de academia para mostrar aos professores como era possível viver de Jiu Jitsu, ampliei e levei esse conteúdo para uma plataforma online a qual chamei VIVER DE JIU JITSU e que tem sido um sucesso atendendo centenas de profissionais.

Estou sempre trabalhando em diversas frentes porém é impossível fazer muitas coisas bem, por isso minha energia esta sempre em uma em particular enquanto as outras vão acompanhando e esperando sua hora, da mesma forma quando saio da liderança de um projeto me asseguro que achei alguém que possa continuar aquela missão com qualidade e com os mesmos princípios ( sem um time ninguém vai muito longe).

Desde 93 quando fundamos a Alliance venho trabalhando nela como equipe de competição, desenvolvendo nossa metodologia de ensino, cuidando da marca, expandindo a associação e ajudando como posso, dessa forma após 25 anos de vida chegamos a mais de 200 escolas em 21 países e mais de 25.000 alunos.

Tenho muito orgulho de onde chegamos porém esse nunca foi o trabalho onde minha principal energia esteve e acredito que isso nos deixa muito a quem de nosso potencial o que por sua vez se torna outro enorme desafio, sinto que esta chegando a hora de colocar minha energia para transformar nossa escola não só  na melhor mas na maior escola de Jiu Jitsu do mundo, fazer coisas que nunca foram feitas e elevar o Jiu Jitsu o mais alto que conseguirmos.

Se reinventar e não ter medo de “largar o osso”  talvez seja a razão do sucesso, conquistei as coisas com muita disciplina e dedicação mas também pela inquietude de fazer melhor e diferente.

Não existe parar existe mudar.

O competidor e o campeão que esta dentro de nós precisa desse estimulo para que a vida siga fazendo cada vez mais sentido.

FG

35 opiniões sobre “A HORA DE PARAR OU MELHOR DE MUDAR.

  • 15 de março de 2018 em 10:14
    Permalink

    Tenho muito orgulho de fazer parte desse time ..a onde me sinto feilz

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 13:53
    Permalink

    Perfeita trajetória! Ídolo?

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 16:54
    Permalink

    Grande General!!!
    Onde muitos vêem “sorte”, eu costumo ver trabalho, esforço, dedicação e comprometimento.
    Toda grande história de sucesso está baseada em pessoas que se dispuseram a fazer coisas que muitas vezes a maioria não está disposta ou não é capaz de fazer.
    Tudo o que foi feito com certeza já serve de inspiração e exemplo para muitos que vieram depois e outros que ainda virão, mas a parte mais nobre disso tudo é quando existe a decisão de passar pra frente o conhecimento base que gerou todos esses frutos. Uma vez aprendi que muitos campeões surgirão e passarão, mas somente o conhecimento que eles construírem serão eternos e serão sempre lembrados por todo o tempo.
    Esse relato é só uma singela homenagem e reconhecimento dessa grande história que já foi construída e que ainda tem muito para produzir além de seguidores e contempladores!
    Um grande abraço e que continue sendo iluminado.

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 16:54
    Permalink

    Parabéns pela matéria. Incentivadora e nos faz pensar. Oss

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 16:54
    Permalink

    Mestre vc é motivo de muito orgulho e inspiração.
    Não sou e nunca fui um grande competidor, mas estou investindo e me espelhando em vc para ser um sucesso como gestor da minha academia.
    Oss!

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 16:55
    Permalink

    Com cordo com tudo oque vc falou. As veses a gente tem que dar um rumo. Pra vida eo jiu-jitsu está abrindo. Muitas oportunidades não só como atletas mas sim como professores

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 16:57
    Permalink

    Sensei hoje o Jiu jitsu no Brasil infelizmente e para pouco mas amo o q faço de levar está arte para crianças carente osssss

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 17:08
    Permalink

    Exemplo de carreira parabens

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 17:09
    Permalink

    Fabio Gurgel está fazendo uma revolução na gestão de academias de jiu-jitsu no Brasil e no Mundo.
    Tenho orgulho de fazer parte não somente do Time da Alliance mas de poder aprender cada dia mais através dos cursos que ele tem ministrado.
    Fabio não deixa “pontas soltas” nem “brechas” para questionamento, sensatez acima de tudo, e exemplos de resultados que dão certo.
    Obrigado, osss!

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 17:41
    Permalink

    Parabéns mestre!
    Realmente você e toda equipe são exemplos de sucesso. Vou ficar muito feliz no dia que te conhecer, sei que é primordial para minha vida esse encontro, já que amo o jiu-jitsu. E quem sabe um dia não fazer parte dessa família, como administrador de uma academia ou professor.

    Forte abraço,

    OSS!

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 18:00
    Permalink

    Mestre, pegando gancho em “parar ou mudar”, algum aluno que treina por amor, já migrou para sua academia pois não sentia evolução ou identificação com time anterior?
    Qual sua opinião como General desse time gigante de vencedores para um caso desses?

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 18:10
    Permalink

    Sensacional como sempre!Ainda vou fazer parte desta equipe.

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 18:16
    Permalink

    Professor Fabio! Em venho de uma escola de bjj chamada nordeste fight em Recife – PE, sou o primeiro faixa preta do meu Professor a viver fora do Brasil e trabalhar com a Arte Suave, em 2002 quando tive a oportunidade de pratica o bjj eu vir que poderia viver dele profissionalmente, então por trabalhar na area comercial e administrativa, ver que o bjj ainda tinha muita a crescer como negocio e foi buscar fontes de sucessos e exelencia em didatica e tecnica para me aprofundar ainda mais neste sonho de um dia viver do esporte, pois bem estou sempre em busca de conhecimento na area e procuro ajudar alguns alunos nossos a entender melhor a gestao de um clube de bjj e foi assim no ultimo curso seu em Recife eu ajudei alguns alunos nossos a participar do seu curso de Gestão e infelizmente não estava presente mais fiquei muito feliz de ver que tudo que eu venho pesquisando para o meu crescimento e visão no modelo de negocio de administra um clube de bjj foi dividido por um homem que eu tenho muita admiracão em seu trabalho. Muito obrigado por ser um exemplo para muitos que querem viver dignamente com o bjj no brasil e no mundo. Aprende muito com as anotacões dos nossos alunos que esteve no seu curso em Recife. Deus te abençoe sempre. Att: Ginaldo Gomes

    Resposta
  • 15 de março de 2018 em 22:13
    Permalink

    Parabéns mestre Fábio. Você está ajudando a todos nós com seus vídeos, suas dicas, seus textos. Muito obrigado. Espero em breve poder fazer parte deste curso online viver de jiu jitsu. Ossss

    Resposta
  • 16 de março de 2018 em 01:28
    Permalink

    Tenho acompanhado seu trabalho com o Jiujitsu desde 1998 Grande Mestre. Parabens pelo seu esforço e trabalho para com o jiujitsu. Que pena que aqui em Brasília o jiujitsu nunca teve uma pessoa com essa visão e com essa filosofia de trabalho. Oss!!

    Resposta
  • 16 de março de 2018 em 01:49
    Permalink

    Exemplo de perseverança e dedicação .
    Muito bacana sua história ooss!!!

    Resposta
  • 16 de março de 2018 em 11:41
    Permalink

    Meus parabéns Professor e Mestre FÁBIO GURGEL, pela sua luta e perseverança no campo do Jiu Jitsu e de sua vida particular.. O tempo nunca vai apagar essa suas dedicação. Abraços. Horácio Leoni – Curitiba-PR.

    Resposta
  • 16 de março de 2018 em 11:50
    Permalink

    logo mais estou no time! segue o plano! grande ídolo da arte suave Parabens!
    Att, Daniel domingos

    Resposta
  • 16 de março de 2018 em 13:44
    Permalink

    Parabéns sensei Fábio Gurgel, sua energia é contagiante…👏👏👏👍👍👍🙏🙏🙏

    Resposta
  • 16 de março de 2018 em 14:51
    Permalink

    parabéns Grande Fabio Gurgel , um ícone do nosso esporte sempre se reinventando e mostrando toda sua eficiência na administração. Belo texto obrigado…

    Resposta
  • 16 de março de 2018 em 17:31
    Permalink

    Nós da academia BLACK TEAM DE JIU JITSU DE PASSO DO SOBRADO, RIO GRANDE DO SUL só temos que ter agradecer por todos os teus ensinamentos!!! Tua luta, garra e coragem faz com que nos tenhamos forças para irmos em frente de cabeça erguida. .. Você é vencedor e fez acontentar pode ter certeza que vai ficar na história e nos nossos corações …

    Resposta
  • 17 de março de 2018 em 15:08
    Permalink

    Parabéns Mestre Fábio. DEUS te Abençoe em seus Rumos e Caminhos. Espero ver a Força da Alliance alcançar a vida de muitas crianças e jovens através de seu exemplo e ensinamentos.

    Resposta
  • 19 de março de 2018 em 19:27
    Permalink

    Sou muito agradecido por todos em emails; e todos de excelente qualidade dentro do meu entender.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *