Não da para viver DE Jiu jitsu se você não viver PARA o Jiu jitsu

Muito frequentemente sou perguntado por meus alunos e por praticantes de jiu jitsu em geral como eles devem fazer para ter sucesso vivendo do Jiu jitsu, deveriam dar aula? tentar ganhar dinheiro como atleta? produzir produtos relacionados ao jiu jitsu? São muitas as perguntas e possibilidades porém a todas elas se faz necessário uma outra, o que você tem feito pelo jiu jitsu?
As pessoas pensam primeiro e as vezes unicamente em si, como eu posso isso? como eu posso aquilo? mas não olham o mercado como um todo não entendem que elevar o nível do jiu jitsu na sociedade em geral é essencial para o sucesso seja lá de quem for através do jiu jitsu.
Vários assuntos poderiam ser abordados para exemplificar o como podemos elevar o nível de nosso esporte perante a sociedade e isso passa em primeiro lugar por nosso comportamento e educação, vocês lembram antigamente como eram os campeonatos de jiu jitsu? uma bagunça completa, pouquíssimas regras de conduta e comportamento o que gerava um ambiente pouquíssimo amistoso, compare com hoje em dia onde os campeonatos da IBJJF seguem um padrão cada vez melhor de respeito e camaradagem dentro de uma ordem que beneficia a todos, resultado, os campeonatos são cada vez mais atraentes despertando interesse de mais pessoas que consequentemente procuram as academias para poderem participar, as academias enchem e os negócios melhoram para todos.
O comportamento fora do jiu jitsu  tem enorme peso no sucesso de nosso mercado, quando um “faixa preta” usa essa condição para humilhar, agredir ou diminuir alguém todo o jiu jitsu perde imensamente, as pessoas tendem a generalizar e achar que os praticantes de jiu jitsu todos são assim, covardes, mal educados e sem nenhum espírito marcial. Embora saibamos que isso é uma minoria o estrago é gigantesco.
Por isso quando vejo graduações de final de ano me da um frio na espinha, o que será que esta vindo por aí, quem que estamos colocando no mercado para representar nosso esporte, com que critérios esses alunos estao sendo graduados?
A IBJJF tem tentado controlar isso mas sua força é insuficiente nessa batalha que é de interesse de todos nós, todos somos responsáveis pelo crescimento do jiu jitsu e nossas ações é que definem como ele será, logo antes de querer viver do jiu jitsu viva para fazer-lo grande e consequentemente seu objetivo será bem mais fácil de ser alcançado.

um abraço

 

Fabio Gurgel

CompartilharShare on Facebook1kShare on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

5 opiniões sobre “Não da para viver DE Jiu jitsu se você não viver PARA o Jiu jitsu

  • 22 de dezembro de 2016 em 19:55
    Permalink

    Muito bem explicado
    E isso mesmo, vc só quer sugar do jiu jitsu ! Mais não quer difundir o esporte perante a sociedade.
    Ossss

    Resposta
  • 22 de dezembro de 2016 em 20:02
    Permalink

    Mto bom ….se possível continuar desenvolvendo este tema , porém partindo para uma visão mais prática de quem de fato quer viver do Jiu Jitsu…as dificuldades são enormes assim como qq outra carreira d trabalho, ainda mais se o Professor não for atleta e atleta de ponta, mais possuindo experiências e habilidades em outras áreas de vida e profissionais. Acho q eh possível sim!!
    .Este assunto acho interessante desenvolver. ..dentro deste tema Viver de Jiu Jitsu e/ou Viver para o Jiu Jitsu !!
    Grande abraço ..Parabéns pelo blog..mto bom!!

    Resposta
  • 22 de dezembro de 2016 em 21:36
    Permalink

    Muito bom, esse é o espírito que deve ser disseminado!

    Resposta
  • 22 de dezembro de 2016 em 22:06
    Permalink

    Excelente prisma dentro do posicionamento para vida profissional no jiu-jitsu. Muito além de como viver do esporte devemos ultrapassar a visão minimalista de si mesmo e buscar deixar um legado. O legado em si vai diretamente contribuir para com o jiu-jitsu pois, imprimi o exemplo de respeito, atleta, professor e pessoa dentro da sociedade ilustrando os benefícios de equilibrar todo esse ecossistema e não somente viver de jiu jitsu mas sim viver para o jiu-jitsu e ser bem sucedido vivendo de jiu-jitsu será apenas uma consequência do bom legado. Parabéns pelo texto Fábio. Oss

    Resposta
  • 21 de fevereiro de 2017 em 23:07
    Permalink

    Boa Noite Oss muito bom esses metodos vou aplicalos pra evoluir e melhorar sou seu fã 1 vez que assiti uma luta de Jiu jitsu foi sua depois nao parei de ver entender e resolvir treinar praticar ate hoje foi em 95 si nao me engano na sua luta contra mark ker no maksud plaza eu torci como nunca adoraria poder fazer parte da equipe e um dia ter a honrra de treinar com Você Muito bom Oss .. Tenha uma Boa Noite .

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *